Para nadadores: aprenda a ganhar condicionamento na piscina

14 de fevereiro de 2017 ● POR Redação

Você está decidido a se exercitar, mas, apesar de outras atividades da moda oferecerem um bom condicionamento, a boa e velha natação pode ser uma boa pedida.
A modalidade trabalha o sistema cardíaco e respiratório, melhora o preparo físico, além de proporcionar o aumento da massa muscular.
Outro benefício é que, por ser realizado em ambiente aquático, o esporte poupa o seu corpo de lesões por impacto, a grande responsável por castigar as articulações em treinos realizados fora d’água.
Isso porque ela reduz os efeitos da gravidade sobre as estruturas ósseas e articulares, o que evita impactos fortes, e ainda estimula o praticante a se esforçar para manter um padrão de coordenação durante a prática, variando intensidade, volume e tempo dos exercícios.
A natação ainda possibilita uma gama maior de movimentos, já que proporciona um condicionamento mais completo, assim como o ganho de metabolismo aeróbio e fortalecimento muscular geral.
Quanto aos benefícios mentais, a prática pode aliviar os sintomas de depressão, melhorar a autoestima e a atividade cerebral, aprimorar a coordenação motora e a interação social. Além disso, o poder relaxante da água pode afastar problemas relacionados ao estresse.
Ao praticar os quatro estilos, você exercita quase todos os grupos musculares. Mas no nado mais comum, o crawl, é trabalhado, principalmente, ombros, peitoral, costas, abdômen e quadríceps, sendo que os outros músculos do corpo são usados como auxiliares.
(Fonte: Ademir Paulino, professor da academia Cia Athletica, unidade Morumbi Shopping – São Paulo)
Matéria publicada pelo Ativo.com