Blog da Educação Física

Textos consagrados de autores do Mundo da Atividade Física, elaborados especialmente para aumentar sua experiencia com o Mercado.

Atividade física ou exercício físico? Há diferença?

Postado por Simone Guaraldo
Simone Guaraldo
Profissional de Ed. Física, Pós graduada pela Faculdade de Medicina da USP em Fi
Usuário está offline
em Quinta, 10 Maio 2012 em Fitness

Um dia desses estava assistindo a aula de um grande colega de faculdade, onde ele tratava sobre as nomenclaturas que são específicas da Educação Física. Comentou que uma boa parte dos profissionais de Educação Física deixava de usar a nomenclatura correta, muitas vezes por falta de conhecimento de seus alunos, preferindo usar o termo mais popular.

Ele citou um exemplo simples, mas que achei incrível. Disse: “Quando vamos ao médico ele nos diz que foi apenas um desarranjo intestinal. O médico nunca diz que foi uma dor de barriga ou uma c....”. Os médicos fazem isso, simplesmente porque é o termo correto a ser usado por um profissional.

Nós, professores de Educação Física temos que olhar esses bons exemplos e seguí-los, porque, mesmo que os alunos não saibam o que significam determinados termos, nós, os profissionais da área, estamos ali para esclarecer.

Utilizar a terminologia correta demonstra conhecimento e domínio profissional. Melhora a imagem de toda a categoria e aumenta nossa credibilidade como professor.

Pretendo iniciar uma série abordando os benefícios da prática regular da atividade física, ou será do exercício físico?

Vamos colocar uma “luz” sobre esses termos. Porque sim; cada um tem um significado e uma importância. Mas nesse momento vamos nos ater a entender o que é um e o que é outro.

Atividade Física é uma expressão genérica que pode ser definida como qualquer movimento corporal, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulta em gasto energético maior do que os níveis de repouso.

Ou seja, estamos fazendo Atividade Física quando, por exemplo, realizamos movimentos simples como tarefas diárias básicas: escovar os dentes, varrer a casa, levantar, caminhar, lavar a louça, ir ao banheiro; enfim, quando realizamos movimentos que necessitem de um gasto adicional de energia comparado a um nível de repouso. O simples fato de pegar o controle remoto, apontar para o aparelho e apertá-lo é uma atividade física.

Já o Exercício Físico é uma atividade física planejada, estruturada e repetitiva que tem como objetivo final ou intermediário melhorar ou manter a saúde/aptidão física.

Portanto existe uma prescrição, orientada e executada de maneira a exigir um gasto energético bem maior de seu corpo comparado aos níveis de repouso, criando novas adaptações fisiológicas e novos estímulos, o que resultará em alterações orgânicas benéficas, melhorando as condições físicas gerais. Podendo proporcionar melhora psicossocial e em sua qualidade de vida.

Mas, esses são assuntos para uma próxima conversa.

Portanto, professores vamos começar a utilizar os termos mais adequados para cada situação.

Estou muito feliz de recomeçar aqui no portal e estou certa que nossas conversas serão muito proveitosas.

Até breve!


Simone Guaraldo - Educadora Física

CREF 065372-G/SP

0 voto
Profissional de Ed. Física, Pós graduada pela Faculdade de Medicina da USP em Fisiologia do Exercício e Treinamento Resistido na Saúde, na Doença e no Envelhecimento. E-mail: simoneguaraldo@gmail.com

Comentários