Blog da Educação Física

Textos consagrados de autores do Mundo da Atividade Física, elaborados especialmente para aumentar sua experiencia com o Mercado.

Educação Física e Saúde

Postado por William Pereira
William Pereira
Licenciatura Plena em Educação Física pela Instituição Fundação Universidade Reg
Usuário está offline
em Segunda, 30 Janeiro 2012 em Ciência EF

Educação Física e SaúdeNão há mais quem duvide da eficácia das atividades físicas no combate a uma infinidade de doenças do sistema cardiovascular e de outros sistemas do corpo humano.

A Educação Física ao longo dos anos experimentou várias tendências passando pela tendência militar, médica, desportista, ainda as tendências da cientificidade, profissionalizante e a tendência educacional onde cada uma tem uma visão diferente de como a Educação Física deveria atuar no universo social. Hoje as duas tendências que prevalecem são a da Saúde ligada a medicina e a Educacional a Educação, uma com direito a atuação os Bacharéis em Educação Física e a outra dos Cursos de Licenciatura em Educação Física.

Para um entendimento melhor torna-se necessário uma abordagem de Silvino Santin no seu texto “Educação Física Sabedoria de Viver” diferenciando as duas tendências hoje consolidadas e atuantes nesta área. A TENDÊNCIA PROFISSIONALIZANTE talvez o mais numeroso, tem uma Educação Física definida como uma atividade profissional liberal. O profissional da Educação Física, segundo esta tendência, deve ser equiparado ao bacharel em direito, ao médico, ao economista, etc.

Somente assim a Educação Física seria reconhecida, garantindo-se uma fatia no mercado de trabalho e via legislação, assegurando-se a reserva deste mercado. Suas lutas, fundamentalmente, voltam-se para a política de organização profissional e institucional da classe tentando estabelecer uma legislação federal que dê suporte jurídico aos direitos profissionais fundamentais dos egressos dos Cursos de Educação Física.

A TENDÊNCIA EDUCACIONAL talvez menor e sonhadora, inspirado em temas humanísticos que busca entender a Educação Física com uma ação pedagógica. Antes de se tornar ciência, antes de constituir-se em profissão liberal, a Educação Física é uma sabedoria de viver, uma exigência pessoal e existencial, isto é, uma tarefa educativa. Desta maneira, ela, em suas raízes mais profundas, tem compromisso com a pessoa, isto é, com o crescimento, desenvolvimento e bem-estar do ser humano. Ela é um processo educativo que, antes do saber cientifico e do trabalho produtivo, tem um compromisso com a existência humana.

Defende-se, aqui, o ideal pedagógico da Educação Física por considerá-la uma ação mais abrangente, compromissada com a globalidade das situações humanas.

Atualmente quando esta no consultório médico  o paciente recebe a receita com a medicação e prescrevem-se também atividades físicas na maioria dos casos. Educação Física é sinônimo  de saúde. Não há mais quem duvide da eficácia das atividades físicas no combate a uma infinidade de doenças do sistema cardiovascular e de outros sistemas do corpo humano.

No sistema muscular os movimentos dão aos músculos mais força, agilidade, flexibilidade, resistência, elasticidade, coordenação motora, equilíbrio e alongamentos. No Sistema Nervoso harmoniza as conexões nervosas dando mais relaxamento, evitando o stress, a fadiga, a ansiedade e a depressão promovendo hábitos salutares de alimentação e higiene.

No Sistema Circulatório tem a diminuição da freqüência cardíaca em repouso ou em movimento, o aumento das cavidades do coração com maior volume de ejeção de sangue nas veias e artérias evitando entupimentos e possíveis infartos. No Sistema Respiratório o aumento na capacidade da respiração levando maior volume de ar aos pulmões e conseqüentemente oxigênio mais puro para o sangue alimentando melhor as células e todo organismo, fortalecimento dos alvéolos evitando doenças. Como terapia em várias doenças cardiorespiratórias e maior capacidade aeróbica No sistema esquelético reforçam toda estrutura óssea evitando no futuro a osteoporose.

Muitos são os benefícios que a Educação Física traz para um melhor desenvolvimento e desempenho do nosso corpo como os tratamentos na fisioterapia em recuperação de movimentos perdidos, na gravidez os movimentos adequados ajudam a mulher a ter melhor desempenho no parto, além de fortalecer as paredes abdominais dando maior rigidez evitando a chamada "barriga d'água", melhora o desempenho sexual, o cérebro passa a ter maior irrigação melhorando os pensamentos.

A pratica da ginástica, dança, natação diminui o interesse aos vícios das drogas e do álcool, melhora a estética do corpo, dando maior rigidez à pele, seios, nádegas, melhorando o tônus muscular. Com a prática dos exercícios físicos teremos um coração mais vigoroso, artérias livres de gorduras, articulações azeitadas, níveis de açúcar normais, equilíbrio hormonal, sono mais tranqüilo, pressão normal, bom humor, postura correta, melhora da auto-estima, mais fôlego, as mulheres passam a ter mais alívio da TPM, mamas protegidas contra câncer, os homens a próstata mais protegida, os dois passam a ter mais entusiasmo no sexo, memória mais afiada, ossos mais fortes e sistema imunológico reforçados.

Por isso hoje a educação física é tratada com um fator de saúde e devemos dar a atenção devida tanto nas academias e consultórios como nas escolas.

0 voto
Licenciatura Plena em Educação Física pela Instituição Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte – FURRN, Mossoro-RN. Professor de Educação Física, técnico em várias modalidades esportivas (Basquete, Futsal, Voleibol, Handebol, Xadrez...), recreacionista e coordenador departamento educação física. Professor da Escola Estadual Jerônimo Rosado e Escola Estadual Padre Alfredo. E-mail: wilpersil2003@yahoo.com.br

Comentários