Blog da Educação Física

Textos consagrados de autores do Mundo da Atividade Física, elaborados especialmente para aumentar sua experiencia com o Mercado.

Organograma funcional de uma equipe de lazer em hotéis

Postado por Raul Júnior
Raul Júnior
Pós-graduado em Gestão de Pessoas, Professor de Educação Física - FESB - Braganç
Usuário está offline
em Sexta, 10 Maio 2013 em Lazer e Recreação

Bom, falar de Administração em ambientes recreativos é interessante.

A parte administrativa de um departamento de lazer em hotéis, que é nosso tema tratado nessa coluna, deve ser levada a sério por todos que participam dessas equipes.

Como todos os setores de um hotel, o lazer e recreação necessitam de uma estrutura fixa e sólida para que não tenhamos problemas com relação a questões de clima organizacional.

É necessário realizar um organograma funcional que segundo ¹é uma espécie de diagrama usado para representar as relações hierárquicas dentro de uma empresa, ou simplesmente a distribuição dos setores, unidades funcionais e cargos e a comunicação entre eles.

A visão que todos possuem da equipe de recreação é sempre ligada à desorganização e descontrole. Na maioria das vezes esse fato se dá pela metodologia de trabalho que temos que exercer, onde as pessoas confundem o trabalho executado para os hóspedes com o trabalho interno executada na parte administrativa do departamento.

Mas não podemos tirar nossa culpa, pois, na maioria das vezes somos desorganizados dando um foco no operacional esquecendo-se de analisar a parte interna, elaborando planilhas de controle, metas a serem atingidas, plano de carreira para nossos funcionários e prestação de contas de material e pessoal para o hotel, entre outras funções básicas admisnitrativas.

Para Carlos V. Junior o “Sasa” que foi gerente de lazer do Lake Side Resort em Brasília, um organograma funcional deve ter as seguintes etapas:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Podemos vivenciar as seguintes situações com um organograma funcional:

- Diminuição no acúmulo de funções, havendo uma melhor distribuição de cargo e obrigações;

- Plano de carreira para os recreadores;

- Ter uma pessoa que responda pelo departamento perante a gerência do hotel;

- Melhor direcionamento de atribuições;

- Ter um responsável por cada faixa etária auxiliando na elaboração de atividades direcionadas;

- Manter um padrão básico de administração trazendo benefícios ao departamento;

 

Se organizar, planejar e executar atividades recreativas em um hotel não é tarefa fácil, mas se bem administradas auxiliarão muito para a busca da excelência.

 

Cuide bem de seu setor, pois, ele sempre será o reflexo de seu trabalho e cuide de seus colaboradores que fazem o sucesso da equipe acontecer.

 

Divirta-se no Mundo Mágico da Recreação.

Abraços Lúdicos

 

Referencias Bibliográficas:

MARCELINO, N. C -  Pedagogia da animação. Campinas: Papiros, 1990.

www.infoescola.com – acessado em 6 de Julho de 2010 – 16:28

Colaboração:

Carlos Valdevino Ângelo Junior – Tio Sasá

Rodrigo Ramos – Tio Bocão

 

0 voto
TAGs: Sem TAGs
Pós-graduado em Gestão de Pessoas, Professor de Educação Física - FESB - Bragança Paulista e há mais de 10 anos no mercado recreativo com passagens em mais de 15 Resorts pelo Brasil e algumas empresas de eventos e turismo. Empresário do entretenimento. Cursos e Palestras ministradas em diversos estados do Brasil. Colunista de sites e revistas. Diretor Regional – DF - ABRE (Associação Brasileira de Recreadores) – Gestão 2011/2012. professor Universitário. Professor convidado da Pós-Graduação em Recreação e Lazer FMU, Palhaço do Grupo Medicina do Riso

Comentários