Educação Física não tem idade: conheça a história da Nilcea, aluna de 86 anos

21 de março de 2017 ● POR Redação

Nilcea Barroso, aluna do último ano do curso de Educação Física, conta que nunca se esqueceu do seu amor pelo esporte. Muitos estudantes sentem isso, mas a diferença de Nilcea para os outros é que a aluna tem 86 anos.
Nilcea prestou o vestibular com 83 anos e passou em primeiro lugar. Hoje, ela faz natação e pratica vôlei adaptado. A idosa conta que sempre desejou trabalhar na área.
“Na época em que eu podia fazer educação física, na minha juventude, eu não consegui porque a minha mãe não tinha condições financeiras”, completou ela.
Aprovada em primeiro lugar no vestibular, os colegas de sala afirmam que Nilcea mais ensina do que aprende. “Fazer esporte, jogar vôlei, fazer natação, estudar, ser mãe, ter filhos… quero chegar nessa idade desse jeito”, afirmou Gabriela Mansales, colega de classe.
Motivação
Nilcea optou pelo meio pedagógico, mas nunca abandonou o amor pelo esporte. “Eu lecionei 26 anos e, na época, tinha no currículo educação física no horário, mas ninguém dava porque não era obrigatório. Não era obrigatório, mas eu ensinava”, explicou ela, que teve ajuda de membros da família que trabalhavam na área e emprestavam apostilas.
Paixão antiga
Jogadora de vôlei desde a adolescência, aos 60 anos Nilcea descobriu uma nova paixão: a natação. Nos anos de 2010 e 2011 a nadadora conquistou medalha de ouro na modalidade nos Jogos Regionais dos Idosos.
Cheia de vida, Nilcea se recusa a abrir mão das aulas práticas do curso e afirma que não vai parar. “Eu quero continuar dentro do esporte, acho que como professora de Educação Física eu tenho uma chance”, conclui.