O uso das redes sociais pelo personal trainer e as academias

23 de julho de 2012 ● POR Redação

Olá pessoal tudo bem com vocês?

Estava analisando esses dias o uso das redes sociais para divulgação de conteúdos específicos seja para personal trainer ou academias e notei algumas coisas relevantes.

Sabemos que hoje em dia quase tudo vira noticia. Um vídeo compartilhado aqui e ali, vira noticia no mundo todo se cair na graça das pessoa, ou um texto, uma foto principalmente, quando é de assunto de interesse de todos. E como saber qual assunto as pessoas mais gostam e compartilham, curtem, favoritam fazendo seu nome rodar o pais todo em questão de minutos, horas?

Hoje em dia a mídia fala muito sobre qualidade de vida, bem estar e em especial sobre obesidade e sobre-peso. Tendo esse assunto como carro chefe de propagação de conteúdos da rede, o legal é trabalhar assuntos relacionados ao tema e mais, focar nas questões motivacionais, sabe porque?

Obesidade muita gente fala. Obesidade transformada em ação, não. Isso desperta interesse nas pessoas: como tal pessoa chegou a tal objetivo? Se possível potencializar o seu trabalho fazendo antes e depois dos alunos, relatos de alunos, amigos ou colegas que tiveram um incentivo seu e mudaram o estilo de vida e assim por diante.

Percebam que são coisas simples do nosso dia-dia da profissão, porem sendo potencializado nos meios mais utilizados hoje em dia, as redes sociais.

Outra questão que faz motivar as pessoas, é a sua própria rotina de exercícios e dieta. Querendo ou não, nós temos que dar exemplo, pois aquela questão de que não preciso estar bem para mostrar meu trabalho e que somente conhecimento específico basta, não cola mais, isso é fato!

Converso com muitos profissionais ótimos, aprendo muito com todos eles, porém percebo que o profissional de educação física peca muito nessa questão, saber vender o próprio serviço, potencializar o que ele realmente tem de bom.

Pois então pessoal, use a inteligencia, as pessoas compram muitas vezes com os olhos, e com o que ela escuta, vamos nos focar também nas questões pessoais, digo habilidades pessoais, são essas habilidades que vão fazer a diferença em vender ou não seu serviço.

Umas dicas boas:

– Crie relacionamentos nas redes sociais;

– Seja mais presente e interessado pelas pessoas e pelos seus problemas, saiba ouvir e dar dicas simples. As pessoas muitas vezes só querem uma palavra de incentivo como: você consegue tenho certeza!

– Crie uma página no Facebook (fan page), é mais profissional. Atualize ela pelo menos 2x ao dia com dicas, responda a todos o mais rápido possível, sempre deixando um ar de quero saber mais nas pessoas, isso cria vínculos, envolvimento.

– Crie uma conta no Twitter. Pesquisas apontam-no como o canal mais usado para propagação de conteúdos, porém o Facebook vem crescendo e muito, então aproveite isso e se possível vincule um ao outro, assim você posta um conteúdo e automaticamente posta no outro meio de comunicação.

– Algumas pessoas tem preguiça de ler ou as vezes não entendem termos muito detalhados, veja qual publico quer atingir e crie uma conta no you tube e faça vídeos, não é à toa que o you tube é o que é hoje!

Agora, se depois disso tudo você me disser que não tem uma logomarca, um cartão de visita, algumas fotos de trabalho, fotos com alunos, providencie tudo isso antes e faça seu nome ser visto!!!

Espero ter ajudado um pouco.

Abraços