Lei que exige atestado para academia é contestada pelo Conselho de Educação Física

20 de junho de 2017 ● POR Redação

A Lei Municipal 9.224/2017, recém-aprovada, que obriga academias a exigir atestados médicos aos alunos antes do início da prática de atividade física, colocou o Conselho Regional de Educação Física da 13°Região (Cref13/BA) contra a norma sancionada.

O presidente do Cref13/BA discorda do modo como a norma foi construída, pois segundo ele, é determinação do educador físico avaliar se os alunos precisam de avaliação médica. Ele reconhece a importância da avaliação de um profissional da medicina, mas diz que os profissionais da educação física são capazes de observar a necessidade ou não dos alunos serem encaminhados para especialistas em saúde.

Enquanto isso, alguns defendem a necessidade de haver maior cuidado com os alunos, pois os índices de obesidade e hipertensão cresceram muito.

Será que um profissional de educação física pode fazer uma avaliação médica aprofundada?

Matéria completa publicada em http://atarde.uol.com.br