3 características de um líder que nunca saem de moda

15 de novembro de 2012 ● POR Redação

Quando eu era pequeno, as crianças do bairro brincavam em um parque toda noite. O líder era um menino um pouco mais velho. Ele apresentava as crianças para todo mundo, nos ensinava as regras dos jogos e garantia que ninguém ficasse de fora.

Também confiávamos nele pois ele cuidava de nós quando alguém do grupo fazia besteira.

Nenhuma das lições que aprendi, desaprendi ou reaprendi desde aquele tempo se mostraram tão impactantes quanto as que aprendi quando era pequeno. 3 delas se destacam.

Um líder maneiro desde pequeno

Confiança
Seu time confia em você? Eles sabem que independente da situação você irá defendê-los?

Apenas esse tipo de confiança faz com que as pessoas se sintam poderosas, com coragem para inovar, correr riscos e buscarem o sucesso além de suas zonas de conforto.

Empatia
Você reparou o olhar de ansiedade do seu colega quando ele entrou no escritório essa manhã ou você o ignorou porque estava preocupado com prazos? Você trata sua equipe como seres humanos ou meros trabalhadores?

Inteligência emocional é muito reconhecida como uma qualidade de um líder, mas ser transparente com as suas emoções não.

Fico indignado com o fato de líderes precisarem manter uma postura intocável no trabalho. Por que não podemos comemorar nossos sucessos ou nos mostramos preocupação com as pessoas ao invés de deixar isso de lado? Por que não rimos e choramos com os altos e baixos das vidas de nossos colegas?

Somos seres humanos e saber que nossos chefes se importam é uma necessidade humana fundamental.

Mentoria
Não importa quão talentosos sejamos, sempre precisamos de uma mão, de um mentor que nos ensinará as regras do jogo.

Pat Riley, respeitado técnico da NBA, uma vez disse que não existe um grande jogador que não quis ser treinado. O mesmo vale para o trabalho.

Você estaria aqui hoje se seu primeiro líder não tivesse te direcionado? Quando as pessoas estão perdidas sobre seu futuro e da organização, mentoria é crítica.

Conclusão
Eu mal sabia que quando estava brincando naquele parquinho, estava aprendendo princípios de liderança que nunca saem de moda. Em tempos em que as pessoas parecem questionar os valores de seus líderes, essas características parecem fazer uma diferença ainda maior.

Por Vineet Nayar, Harvard Business
Publicado no site Saia do Lugar