Abdominais não te farão perder barriga, diz estudo

24 de abril de 2017 ● POR Pedro Cunácia

Chega o verão e, com ele, a busca pelo corpo perfeito. Pernas esculpidas e abdomens trincados não podem faltar, daí a busca pelas academias nesta época se torna quase inevitável, com aulas de abdominal e glúteos lotadas! As máquinas destinadas a este grupamento muscular e as polias são disputadas pelos frequentadores palmo a palmo.

Porém, se eu te dissesse que o exercício abdominal não deixa a barriga trincada? Vocês me chamariam de louco não é verdade?

Vamos falar sobre um estudo que teve como objetivo principal comparar o efeito da dieta junto a um programa de treinamento de resistência abdominal à dieta sozinho, sobre a gordura abdominal subcutânea espessura de gordura, (dobras cutâneas) e perímetro da cintura das mulheres com sobrepeso e obesidade.

Participaram do estudo 40 mulheres com sobrepeso e obesos divididos aleatoriamente em 2 grupos: dieta única e dieta combinada com 12 semanas de treinamento de resistência abdominal.
Foram coletadas a perimetria da cintura e do quadril e a dobra cutânea abdominal de todos os indivíduos participantes do estudo. As medidas foram feitas no início e 12 semanas após as intervenções. Além disso, a espessura de gordura subcutânea abdominal dos indivíduos foi medida utilizando o exame de ultrassonografia, (percentual de gordura corporal e massa corporal magra). Todos os indivíduos do estudo também foram avaliados por bioimpedância, e sabe qual foi o mais interessante deste estudo?

Após 12 semanas de intervenção, a massa dos participantes em ambos os grupos diminuiu, porém a diferença entre os dois grupos não era significativa. Da mesma forma que outras variáveis avaliadas no estudo que foram: gordura abdominal subcutânea, perímetro da cintura, perímetro do quadril, índice de massa corporal, percentual de gordura corporal e espessura da prega cutânea foram reduzidos em ambos os grupos sem diferenças significativas.

Vamos resumir?

Não adianta fazer abdominais e não fazer dieta. O que será, preponderante, para a definição do seu querido e estimado abdominal será sua ingestão calórica adequada, levando em conta suas necessidades calóricas somadas ao gasto calórico total. Ou seja, fazer abdominais não vai te fazer perder barriga!

Bibliografia
Kordi R, Dehghani S, Noormohammadpour P, Rostami M, Mansournia MA. Effect of abdominal resistance exercise on abdominal subcutaneous fat of obese women: A randomized controlled trial using ultrasound imaging assessments. J Manipulative Physiol 2015; S0161-4754(14)00274-7
Prof. Moacir da Conceição
Instagram: @eusoumoabrazil
Blog.profitbox.com.br