90% dos brasileiros praticam esportes sem orientação profissional, diz relatório

26 de junho de 2015 ● POR Redação

Maiores percentuais foram registrados nas regiões Sul e Sudeste do País.

Pesquisa mostra que os locais públicos de prática esportiva não oferecem auxílio profissional para os atletas.

Mais de 90% dos brasileiros que praticam atividades físicas o fazem sem acompanhamento profissional nem orientação de instrutores. As informações são do Diagnóstico Nacional do Esporte, divulgado pelo Ministério do Esporte, e dizem respeito a dados coletados ao longo do ano de 2013.

Segundo a pesquisa, que entrevistou mais de 8,9 mil pessoas em todas as regiões do Brasil, o Sul e o Sudeste apresentam os maiores números de pessoas que praticam atividades físicas sem acompanhamento específico, com 82,9% e 82,4%, respectivamente. O Nordeste é a região com mais adeptos do auxílio específico, mas, mesmo assim, 66,9% da população se exercita sozinha.

O levantamento também aponta que os locais públicos de prática esportiva não oferecem auxílio profissional para os atletas, o que é especialmente verificado no Sul, onde o índice verificado foi de 80,5%, e no Sudeste (83,4%). Já o Norte registrou o menor contingente de pessoas que declararam não ter encontrado profissionais para auxiliar a prática em locais públicos (68,3%).

Ainda de acordo com o relatório do Ministério do Esporte, quase um terço dos brasileiros que praticam esportes o fazem em instalações esportivas pagas, como clubes, ginásios e academias, enquanto apenas 5,1% se exercitam em suas próprias casas ou condomínios.

Outro dado relevante diz respeito ao sedentarismo. Mais de 45% dos jovens entre 16 e 24 anos abandonaram as práticas esportivas. Somando esse dado aos índices referentes às outras faixas etárias, chega-se a um número assustador: quase 90% dos brasileiros não praticam atividades físicas regularmente no País.

Matéria publicada no site R7