O ensino da dança na escola na ótica dos professores de Educação Física e Artes

01 de fevereiro de 2017 ● POR Pedro Cunácia

Qual a importância de incorporar a dança como prática de atividade física nas escolas? Essa é a reflexão que busca trazer essa pesquisa realizada por professores das universidades estaduais paulistas de Rio Claro e Bauru.
O objetivo deste estudo descritivo, de natureza qualitativa e quantitativa, foi analisar se o conteúdo referente à dança está discriminado no Projeto Político Pedagógico (PPP) das Escolas; como se apresenta o ensino da dança nas aulas de Educação Física e de Arte; qual o conhecimento dos professores do conteúdo dança preconizado nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s); qual importância é dada ao ensino da dança na escola e quais são os seus limites.
Utilizou-se um questionário com questões abertas e fechadas para 64 professores efetivos de Educação Física e de Arte da rede pública estadual e municipal de uma cidade do interior do Estado de São Paulo.
Em síntese, constatou-se que esses professores não têm uma participação efetiva e coletiva durante o processo de construção do PPP educacional; que eles conhecem, mas aplicam muito pouco e com restrições os conteúdos de dança sugeridos pelos PCN’s; que estão relegadas basicamente às festividades escolares e que são muitas as dificuldades enfrentadas pelos professores no ensino da dança na escola.
Conclui-se como necessária à união e integração desses educadores em prol do ensino da dança na escola, para que ela ocupe efetivamente seu espaço nas aulas de Educação Física e de Arte.
Para ler o artigo na íntegra, clique aqui:
Autores: Nilza Coqueiro Pires de SOUSA, Dagmar Aparecida Cynthia França HUNGER, Sandro CARAMASCHI.
Publicado em: Rev. bras. educ. fís. esporte vol.28 no.3 São Paulo jul./set. 2014