Hábito de se espreguiçar traz inúmeros benefícios ao corpo

20 de setembro de 2011 ● POR Redação

Alongar os membros antes de levantar da cama ajuda na circulação no sangue, na lubrificação das articulações e dá mais disposição para as tarefas do dia a dia.

Todos os dias, Felipe acorda para ir à escola, se espreguiça rapidinho, meio desajeitado, e corre para o banho. E não é só ele que faz isso. “Na hora de sair está atrasado, vai pegar engarrafamento… Então é trocar de roupa e ir embora. Esqueço o alongamento”, diz o padrasto de Felipe, Luciano Souto.
Levantar da cama logo depois de acordar é tão automático que muita gente se esquece de preparar o corpo para as atividades do restante do dia. Para isso, não é preciso gastar muito tempo. Você pode se espreguiçar, que nada mais é do que um alongamento curto. Essa prática traz inúmeros benefícios, mas, se feita de forma inadequada, pode trazer complicações para a saúde.
Primeiro, é preciso esticar o corpo, ainda deitado. Em seguida, flexionar as pernas e os braços. “Vira de lado, puxa o pé para trás, para despertar, ativar o cérebro e a circulação”, ensina o professor de educação física Paulo Neves. Para se levantar da cama, também devemos ter cuidado: “Devagar, estende o corpo, senta com o corpo reto, puxa os braços para trás. O bocejo nessa hora é bom também”.
Esses cinco minutos que gastamos com estes exercícios simples podem ser feitos por quase todo mundo e são fundamentais para ficar bem o dia inteiro. “Você tem um dia mais disposto, trabalha melhor, estuda melhor. Quando você se espreguiça, você ativa o cérebro, diminui as tensões, melhorar a flexibilidade e lubrifica as articulações”, explica o professor.
O hábito de se espreguiçar é tão importante quando se aquecer antes de começar exercícios físicos. O empresário Tarciso Agostinho sempre se alonga antes de ir caminhar no Parque da Jaqueira. Mas será que ele começa o dia se espreguiçando? “Quase todos os dias. Mas às vezes você acorda atrasado, um pouco tarde, ou por preguiça mesmo, você não se alonga”, conta o empresário.
O professor reforça: alongar e se espreguiçar são movimentos bem parecidos, mas com finalidades diferentes. “Se espreguiçar é mais rápido, a duração é menor e geralmente acontece quando você se acorda. O alongamento está mais relacionado à atividade física. Alongar-se antes e depois de se exercitar”, diz Paulo Neves.
Tem gente que já aprendeu a lição. “Eu não tinha costume de me espreguiçar todos os dias, não. Mas, de acordo com os ensinamentos do professor, eu achei muito importante. A partir de agora acho que vou me espreguiçar mais”, conta a aposentada Marlene Barbosa.