Nutricionista explica: como manter uma alimentação leve e saudável fora de casa?

28 de novembro de 2016 ● POR Karina Dias

Por Juliana Schneider
Se alimentar fora de casa tem sido um hábito cada vez mais comum entre os brasileiros. Segundo dados do IBGE, cada pessoa gasta cerca de 25% de sua renda mensal com refeições fora do lar. Seja por falta de tempo ou preferência, uma coisa é certa, não é fácil manter o equilíbrio e saudabilidade entre as refeições quando a maioria delas são realizadas na rua.
Ainda que não seja fácil, com algumas estratégias simples é possível eliminar de vez aquela culpa de comer fora. Pensando nisso, separei algumas dicas para você que deseja uma alimentação mais leve e saudável, sem abrir mão do sabor e da nutrição. Confira:
Faça um café da manhã nutritivo – para começar bem o dia, nada melhor do que um café da manhã bem nutritivo e energético. Um açaí ou uma vitamina acompanhada por um sanduíche natural preparado com pão integral e ingredientes frescos é uma excelente combinação para essa refeição, assim é possível começar o dia sem abusar de alimentos industrializados, mesmo estando fora de casa.
Priorize um almoço leve, sem abusar do carboidrato – uma maneira de fugir das tentações dos self-services ou dos pratos à la carte que, muitas vezes, pecam pela falta de equilíbrio e pelo excesso de carboidrato, é escolher redes de fast food saudáveis em que você tenha a opção de montar sua própria refeição, de acordo com suas necessidades e preferências. No verão, nada melhor do que uma salada com seus ingredientes preferidos, acompanhada por uma opção de carne magra. Assim, você poderá ter um almoço balanceado e extremamente saboroso.
Sobremesas não são proibidas – agora, se assim como grande parte da população, você não resiste a um docinho depois das refeições,não se preocupe, sobremesas também são permitidas em uma alimentação focada na saúde. Basta que você substitua as opções ricas em gorduras saturadas e açúcares por outras mais naturais, como saladas de frutas tradicionais ou da época ou ainda o famoso Frozen Yogurt, que possui 0% de gordura e pode ser combinado com frutas, granola, mel e até um pouquinho de leite condensado ou leite ninho, se você tiver com crédito na dieta!
Tome bastante líquido entre as refeições – você pode até considerar essa dica bem batida, mas, sem dúvida, ela é o grande segredo para uma dieta saudável e balanceada. Além disso, apesar de todo mundo saber, na realidade dos fatos, poucas pessoas ingerem diariamente a quantidade de líquidos recomendada. Isso acontece porque nem todo mundo é fã incondicional de água na sua forma mais pura. Se esse é o seu caso, uma boa forma de manter-se sempre hidratado é aumentando a versatilidade da sua dieta líquida, incluindo na sua rotina, por exemplo, sucos naturais variados, smoothies e água de coco.
Tenha petiscos saudáveis sempre em mãos – por fim, para o caso de bater uma fominha no meio do dia, uma boa ideia é manter sempre em mãos petiscos saudáveis e funcionais. Se você não consegue pensar em nenhuma opção nesse sentido, preste atenção na dica de ouro: chips de batata doce. Com apenas 77 calorias em cada 100 gramas, esse carboidrato do bem além de ser gostoso ainda é um grande aliado de quem quer emagrecer. Não podia ser um petisco melhor para as famosas bocas nervosas!
E, então, o que você achou das dicas? Viu como é possível ter uma alimentação saudável sem sofrimento? Por isso, na hora em que estiver fora de casa, mantenha o equilíbrio na sua dieta priorizando as redes que tenham como foco a utilização de produtos mais leves, naturais e fresquinhos! Uma boa dica é aproveitar as altas temperaturas do verão para começar agora mesmo sua reeducação alimentar fora do lar.
Juliana Schneider é nutricionista e franqueada Sucão, franquia de alimentação saudável que se destaca no mercado Fast and Healthy Food.